"AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI."


(JESUS CRISTO)



"Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama "ontem" e o outro se chama "amanhã", portanto HOJE é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente, VIVER."


(Dalai Lama)


"A sua vida será sempre o que você estiver mentalizando constantemente.
Em razão disso, qualquer mudança real em seus caminhos, virá unicamente da mudança de seus pensamentos."

( André Luiz )



"Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba; não ame por admiração, pois um dia você se decepciona; ame apenas porque o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação!"


(Madre Tereza de Calcutá)




"Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor... Lembre-se: se escolher o mundo, ficará sem o amor, mas se escolher o amor, com ele você conquistará o mundo."


(Albert Einstein)

terça-feira, 28 de setembro de 2010

PRINCÍPIO DO VÁCUO





“Você tem o hábito de juntar objetos inúteis no momento, acreditando que um dia (não sabe quando) poderá precisar deles?
Você tem o hábito de juntar dinheiro só para não gastá-lo, pois no futuro poderá fazer falta?
Você tem o hábito de guardar roupas, sapatos, móveis, utensílios domésticos e outros tipos de equipamentos que já não usa há um bom tempo?
E dentro de você?
Você tem o hábito de guardar mágoas, ressentimentos, raivas e medos?
Não faça isso. É antiprosperidade. É preciso criar um espaço, um vazio, para que as coisas novas cheguem a sua vida.
É preciso eliminar o que é inútil em você e na sua vida, para que a prosperidade venha.
É a força desse vazio que absorverá e atrairá tudo o que você almeja.
Enquanto você estiver material ou emocionalmente carregado de coisas velhas e inúteis, não haverá espaço aberto para novas oportunidades.
Os bens precisam circular. Limpe as gavetas, os guarda-roupas, o quartinho lá do fundo, a garagem.
Dê o que você não usa mais.
A atitude de guardar um monte de coisas inúteis amarra sua vida.
Não são os objetos guardados que emperram sua vida, mas o significado da atitude de guardar.
Quando se guarda, considera-se a possibilidade da falta, da carência.
É acreditar que amanhã poderá faltar, e você não terá meios de prover suas necessidades.
Com essa postura, você está enviando duas mensagens para o seu cérebro e para a vida: * primeira, você não confia no amanhã e, * segunda, você acredita que o novo e o melhor não são para você, já que se contenta em guardar coisas velhas e inúteis.
Desfaça-se do que perdeu a cor e o brilho e deixe entrar o novo em sua casa e dentro de você!
As pessoas são solitárias porque constroem paredes ao invés de pontes.”


(JOSEPH NEWTON)

2 comentários:

  1. Minha amiga, lindo texto.
    Eu adoro guardar as coisas por pensar " e se eu precisar depois", mas percebi que guardava os sentimentos também.
    Como é difícil vc mudar velhos hábitos...
    Hoje em dia pelo menos a casa seis meses faço a limpa por dentro e por fora o que é bom eu doo e o que não serve mais para nada eu jogo fora, nos dois sentidos.

    Beijinhos

    Pris

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga!
    Foi muito bom ler e saber disso tudo,porque sempre tive mania de guardar tudo.
    Obrigada amiga,por compartilhar um texto tão esclarecedor.
    Beijos

    ResponderExcluir


Olá!! Que bom que resolveu comentar neste artigo que publiquei!! Seja bem vindo(a) e espero que volte ao blog com mais comentários construtivos. Por favor, peço que você se identifique para que eu possa te retornar.

Um grande abraço e que Deus esteja contigo.

Lucinha :)


Para ver os outros textos clique em
"Postagens mais antigas", acima.