"AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI."


(JESUS CRISTO)



"Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama "ontem" e o outro se chama "amanhã", portanto HOJE é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente, VIVER."


(Dalai Lama)


"A sua vida será sempre o que você estiver mentalizando constantemente.
Em razão disso, qualquer mudança real em seus caminhos, virá unicamente da mudança de seus pensamentos."

( André Luiz )



"Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba; não ame por admiração, pois um dia você se decepciona; ame apenas porque o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação!"


(Madre Tereza de Calcutá)




"Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor... Lembre-se: se escolher o mundo, ficará sem o amor, mas se escolher o amor, com ele você conquistará o mundo."


(Albert Einstein)

sexta-feira, 25 de junho de 2010

QUANDO ME AMEI DE VERDADE...




Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... AUTOESTIMA.
.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...AUTENTICIDADE.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... AMADURECIMENTO.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... RESPEITO.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... AMOR PRÓPRIO.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é...SIMPLICIDADE.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... HUMILDADE.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... PLENITUDE.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... SABER VIVER!!!


(Atribuem este texto a Charles Chaplin)

2 comentários:

  1. Lucinha,
    Obrigada por nos brindar com um texto tão bacana. Andei um bom tempo sem me amar...sem auto estima. Graças a Deus, hoje estou bem melhor e saiba que o seu elogio ao meu blog contribuiu e muito para eu me valorizar ainda mais! Beijos!
    Gisa

    ResponderExcluir
  2. Lucinha querida...essa mensagem é muito linda...
    Em todos os momentos da vida, sempre cabe nos amar verdadeiramente...pois somente quando nos amamos... nós nos aceitamos, crescemos positivamente, enfim nos tornamos melhores pessoas e conseqüentemente nos tornamos melhores para o mundo.

    Belo dia pra ti amiga!
    Beijos
    Valéria

    ResponderExcluir


Olá!! Que bom que resolveu comentar neste artigo que publiquei!! Seja bem vindo(a) e espero que volte ao blog com mais comentários construtivos. Por favor, peço que você se identifique para que eu possa te retornar.

Um grande abraço e que Deus esteja contigo.

Lucinha :)


Para ver os outros textos clique em
"Postagens mais antigas", acima.